(11) 3385-7443

Contato

Material de aula

www.templodaarte.com.br

Cursos Pós-Graduação Pós-Graduação Lato Sensu em Conservação e Restauro de Arte Sacra.

Pós-Graduação Lato Sensu em Conservação e Restauro de Arte Sacra.

O Brasil possui um rico acervo de bens artísticos, a maioria, principalmente os da fase barroca, encontrando-se sob a guarda de instituições públicas, religiosas e leigas, sem condições de mantê-los, estando, muitas dessas obras, em precário estado de conservação e à espera de estudo, cuidados e proteção. Porém, até o momento, não se tem conhecimento de um curso de Especialização pós Técnica específico na área de conservação/ restauração de arte sacra que requer conhecimentos básicos das áreas de bens móveis e de bens imóveis. Para suprir a carência de pessoal qualificado na área o Templo da Arte,reconhece que atualmente existe uma necessidade de investir na formação de profissionais na área em alusão, diante da precariedade de pessoal qualificado para atuar, de forma correta, na preservação  dos acervos. Para tanto, propõe a criação de um curso de Pós Graduação Lato Sensu, concentrando-se, prioritariamente, na área de Arte sacra, ponto em que se concentra grande parte dos acervos barrocos no Brasil, sendo, pois, o de maior carência de cuidados.

O curso, na categoria de Pós Graduação, terá disciplinas teóricas e práticas na área da concentração específica, além das disciplinas obrigatórias.

PERFIL DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL:

O egresso do curso em Especialização Técnica de Nível Médio em Conservação e Restauração em Obras de Arte Sacra poderá atuar em instituições públicas ou privadas, apresentará no exercício de sua profissão, habilidade manual, artesanal, responsabilidade, sensibilidade (sutileza, curiosidade, autoridade; gosto pelo antigo, pela novidade) para a ação da preservação e restauração de Obras de Arte Sacra. Suas ações serão meticulosas, críticas e reflexivas, respeitando integralmente o objeto de estudo e intervenção no contexto histórico e cultural em que se encontra. As suas atuações serão apoiadas pela tecnologia de ponta existente na área museal e patrimonial como em técnicas e manuais tradicionais e pela atitude científica pautada na ética.

A Escola tem como objetivos formar profissionais:

- Aptos a execução artística, por meio de reflexão ética, estética e de incorporação das novas tecnologias com vistas a responder as necessidades do nosso tempo e a resolução de desafios futuros;

Curso PÓS GRADUAÇÃO EM RESTAURAÇÃO DE ARTE SACRA

 

DISCIPLINA I: HISTÓRIA DA ARTE SACRA.

Conteúdo programático:

 

I – A arte como manifestação do Sagrado e como expressão religiosa:

 

II – Introdução a historia da Arte sacra geral:

 

Conhecer as técnicas de avaliação de obras de arte; como, por exemplo, analisar princípios de unidade, estrutura, fundo, figura entre outros. Treinar a sensibilidade estética; Estudar a relação entre época, estilo e forma. Incorporar à prática profissional o conhecimento das transformações e rupturas conceituais que historicamente se processaram na área das artes visuais concernentes às manifestações de arte sacra, com ênfase no estudo da arte sacra brasileira.

1-      Conhecer a origem e evolução das principais manifestações artísticas ao longo das diferentes etapas históricas no Ocidente: Do Neolítico à Idade Contemporânea no que diz respeito à arte sacra.

2-      Identificar as características dos diversos gêneros de produção artística na arte sacra.

3-      Estudo dos materiais artísticos de obras de arte sacra no decorrer da História;

4-      Identificação dos materiais utilizados nas obras de arte sacra;

5-      Identificação dos elementos constitutivos das obras de arte sacra em geral;

6-      Identificação da natureza e estrutura dos materiais artísticos;

 

III- Historia da Arte Sacra Brasileira:

Conhecer e valorizar o patrimônio histórico, artístico e cultural brasileiro, especialmente os relacionados à Arte Sacra com a finalidade de intervir na sua conservação e restauração;

Analisar os estilos da pintura, escultura e outros materiais empregados em obras de arte sacra;

Conteúdo programático:

 

1-      O papel das Ordens religiosas no desenvolvimento da arte colonial Brasileira: Beneditinos, Carmelitas e Franciscanos.

2-      As Missões Jesuítas no sul do país.

3-      Os estilos artísticos no Brasil Colonial: Maneirismo, Barroco, Rococó e Neoclassicismo

4-      As escolas- oficinas e seus mestres.

5-      Estudo das relações das manifestações artísticas sacras nas diferentes regiões do Brasil:

  • Pernambuco, Bahia e Maranhão
  • O ciclo do ouro: Goiás e Minas Gerais
  • Rio de Janeiro e São Paulo

 

DISCIPLINA II:

ICONOGRAFIA RELIGIOSA

I-                   Introdução ao tema:

1-      A Iconografia como técnica auxiliar da História da Arte;

2-      Definições dos conceitos de iconografia, iconologia, simbologia, estilo e escola artísticos e outros termos relacionados às técnicas de análise de obras de arte;

3-      Os conflitos históricos entre convenção e liberdade e expressão artística;

4-      Análise e identificação de elementos iconográficos e símbolos religiosos;

5-      A contribuição de Cesar Ripa e outros dicionários de simbologia e iconologia para o envolvimento de artistas e artesão às convenções iconográficas.

 

I-                   Introdução às religiões Greco- Romanas:

II-                Iconografia cristã:

 

III-             Introdução à Iconografia das Religiões orientais:

 

 

 

 

 

DISCIPLINA III:

POLICROMIA DE IMAGINÁRIA BRASILEIRA, RESTÁBULOS, ORATÓRIOS E ÍCONES

 

       I-        Camadas pictóricas e bases tradicionais da policromia (Pintura):

II-                Tintas e vernizes para Policromia e acabamento de obras de Arte Sacra:

III-             Técnicas de pintura decorativa tradicionais e acabamentos da imaginária brasileira

IV-             As técnicas de  douração a água e a óleo.

 

DISCIPLINA IV:

QUÍMICA:

Módulo II – Toxicidade e segurança de trabalho com substâncias químicas 

- Toxicidade de solventes químicos;

- Equipamentos de proteção individual (EPI);

- Armazenamento de solventes;

- Eliminação de resíduos.

 

Módulo III – Materiais pictóricos e produtos para a restauração 

- Pigmentos e corantes;

- Óleos secativos ou secantes;

- Têmperas;

- Aglutinantes sintéticos contemporâneos.

 

Módulo IV – Solventes: aplicações em bens culturais móveis 

- Conceitos de solubilidade;

- Solventes orgânicos;

- Mecanismos de interação solvente-soluto

- Gráfico de Teas – Triângulo de solubilidade;

- Elaboração de sistemas de solventes para limpeza;

- Novos métodos de solventes e materiais para limpeza.

 

DISCIPLINA V:

CONSERVAÇÃO:

I-A Ciência da Conservação: Conceitos e Fundamentos Gerais

  1. Interpretar teorias de conservação e restauração e aplicá-las na prática;
  2. Empreender individualmente e ou coletivamente tarefas e projetos de preservação, conservação e restauração;
  3. Atuar com equipes multidisciplinares que lidam diretamente na preservação de bens culturais;

 

II- Conservação Preventiva:

  1. Instalações museológicas
  2. Técnicas gerais de conservação.
  3. Técnicas e métodos de organização e catalogação de obras de arte e objetos;
  4. Técnicas e métodos de acondicionamento, armazenagem e depósito de obras de arte sacra;
  5. Analisar as técnicas de conservação;
  6. Ações preventivas:
  • Sistema de segurança (de roubos a catástrofes naturais).
  • Brigada de incêndio.
  • Filtros com barreira.
  • Tipos de revestimentos do piso e das paredes

 

III-Técnicas de expografia:

  1. Cuidados no Transporte e Embalagem de obras de arte sacra
  2. Técnicas e métodos de exposição e difusão de obras de arte sacra;
  3. Cuidados na manipulação e montagem de exposição de obras de arte e objetos
  4. Ambientação, Iluminação

DISCIPLINA VI:

 

I – RESTAURAÇÃO DE OBRAS DE ARTE SACRA

 

1-       Técnicas de restauro de obras de arte sacra (Exercícios práticos):

RESTAURAÇÃO DE:

1-      Imaginária em madeira, barro e cerâmica;

2-      Retábulos e oratórios em madeira ;

3-      Tecidos e indumentárias das vestimentas de Santos e Objetos litúrgicos

 

  1.  Tratamentos gerais preliminares;
  • Limpeza geral mecânica e química.
  • Tratamentos preliminares: imunização, higienização, desinfestação.

 

  1. Técnicas de restauração de escultura Imaginária, Retábulos, Oratórios, e outros objetos de suporte de madeira, barro, gesso, estuque e outros materiais possíveis com tratamento de policromia:

1-      Tratamentos do suporte de madeira e outros suportes tridimensionais  utilizados sob policromia em arte sacra.

2-      Tratamento da camada pictórica (policromia):

3-      Técnicas de restauração de olho de vidro para escultura imaginária (teoria e prática)

4-      Técnicas de restauração de douramento em vários suportes (teoria e prática)

5-      Técnicas de restauração de objetos de madeira sem policromia (teoria e prática)

6-      Técnicas de restauração de objetos em barro, cerâmica (teoria e prática)